João Santana diz que aceita conversar com Lázaro sobre Senado

Publicado em 12/07/2018 às 10:42h

Pré-candidato do MDB ao governo do estado, João Santana

Pré-candidato do MDB ao governo do estado, João Santana, disse ontem que o deputado federal Irmão Lázaro (PSC) seria bem-vindo caso quisesse ser candidato ao Senado em sua chapa. O emedebista afirmou que, caso o cantor não consiga espaço na chapa de José Ronaldo (DEM), aceitaria conversar e que fez a proposta, há mais de um mês, ao então presidente do PSC, Eliel Santana. “Acho de muito bom tom, na medida que ele pare de pleitear a candidatura pelo DEM.

Quando ele disser que o DEM deu a última oportunidade, que senador não dá, e quiser conversar conosco, estamos abertos. Eu disse isso a Eliel há mais de um mês”, disse. Atualmente, a chapa emedebista tem o ex-deputado Jorge Viana (MDB) como pré-candidato à Câmara Alta do Congresso. João Santana disse, no entanto, que espera o desenrolar do cenário político e das conversas com outros partidos para definir se haverá ou não outro postulante.

Comenta-se nos bastidores que está cada vez mais difícil Lázaro conseguir ser candidato ao Senado na chapa de José Ronaldo (DEM). O PSDB, temendo que o parlamentar atrapalhe a eleição do também pré-candidato a senador Jutahy Jr., tem pressionado para que o cantor fique na vice. Nesta semana, o presidente do PSC, Heber Santana, reiterou que a “prioridade” do partido é marchar ao lado de José Ronaldo, mas, caso não seja possível, pode firmar aliança com outros aspirantes ao Palácio de Ondina.

Entre eles, o pré-candidato ao governo da Bahia pelo MDB, João Santana. O social-cristão sugeriu, ainda, que siglas que hoje não tem “candidatura majoritária podem se unir através da candidatura de Lázaro ao Senado”. O deputado estadual ainda aconselhou o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), a não ser candidato na eleição deste ano. Fonte: Tribuna da Bahia


PUBLICIDADE