RAIO X: PF investiga também primo do presidente do TCU

Publicado em 16/07/2015 às 09:23h

 

Além do filho, advogado Tiago Cedraz, também está sob investigação da força-tarefa da Operação Lava Jato um primo em primeiro grau do ministro Aroldo Cedraz, presidente do Tribunal de Contas da União (TCU). Luciano Araújo, sócio de Tiago em uma "consultoria", recebeu pagamentos da construtora UTC como R$ 1 milhão supostamente destinados ao ministro Raimundo Carreiro, amigo e parceiro de Cedraz.

Homem de confiança
 
O pai de Luciano Araújo é irmão do pai do ministro Aroldo Cedraz. Luciano é homem de confiança do sobrinho Tiago e do primo Aroldo.

Parceria antiga
 
Tesoureiro do partido Solidariedade, Luciano Araújo não esconde haver iniciado sua "militância política" ao lado do primo Aroldo Cedraz.

Velhas ligações
 
O partido Solidariedade tem também na sua cúpula Tiago Cedraz, que é o "secretário de assuntos jurídicos" do partido, e é alvo da Lava Jato.

Vantagem indevida 

Tiago Cedraz foi citado em 2007, em investigação policial, por solicitar supostamente vantagem indevida para influir em decisão do TCU.

RJ: 48% da população rejeita o PT, diz pesquisa

Levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas no Rio de Janeiro aponta que o partido mais rejeitado pelo eleitor é o PT de Lula e Dilma, com 48% dos "votos". O PSDB de Aécio Neves é o segundo mais rejeitado, com 8,3%, seguido por PMDB, maior aliado do governo, com 6,9%. PSOL e PV têm, respectivamente, 1,6% e 1%. A soma de outros partidos é de 3,1% e 31,1% não sabem ou não rejeitam partidos.

Miss simpatia
 
No quesito "partido que mais gosta ou simpatiza" o PT também é o campeão, com 11,6%; seguido por PMDB e PSDB, com 9,6% cada.

PSB fraco
 
O PSB de Marina Silva e do falecido ex-governador Eduardo Campos é o partido que menos tem a simpatia do eleitor: apenas 1,2%.

Dados da pesquisa
 
O levantamento foi realizado pelo Paraná Pesquisas entre os dias 8 e 12 de julho, com 908 eleitores no município do Rio de Janeiro.

O que importa I
 
Reunião ontem no Senado entre o articulador-geral Michel Temer e Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente da Casa, e Humberto Costa (PT-PE), além de recém-eleitos, como Romário (PSB-RJ), definiu o que realmente importa na Esplanada: divisão de emendas parlamentares.

O que importa II
 
A reunião no Senado entre Temer e a "governança" da Casa tinha o objetivo de "dispersar boatos" de que emendas de parlamentares não-reeleitos seriam canceladas, entre elas, as do ex-presidente da Câmara e atual ministro do Turismo, Henrique Alves. Todos saíram satisfeitos.

Preocupação
 
A internação do mensaleiro José Genoíno preocupou um brasileiro ilustre: o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. É dos maiores admiradores do ex-deputado que o Supremo condenou por corrupção.

Que defesa!
 
No dia em que a Polícia Federal deflagrava nova fase da Operação Lava Jato, fazendo até "batida" no Senado, o Congresso lançava a Frente em Defesa da Petrobras, a estatal alvo do afano investigado.

Na ativa
 
Sem mandato, o ex-presidente do Senado José Sarney (PMDB-MA) continua com influência no Congresso. Nesta quarta-feira, Sarney participou, bem cedo, de reuniões com líderes peemedebistas.

Traídos pela boca
 
Pseudo-especialistas se dizem estarrecidos com 11 milhões de gregos obrigados a viver com € 60 por dia, mas nada falam dos 22 milhões de brasileiros aposentados que ganham salário mínimo; ou R$ 26 por dia.

Livre concorrência
 
Taxistas do aeroporto de Brasília confundiram um motorista de van turística com um profissional do aplicativo Uber. Sobraram empurrões e sopapos no coitado. Agora o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) precisa zelar pela "livre concorrência".

Perdendo os cabelos
 
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), bateu à porta do vice-presidente Michel Temer e contou sua preocupação com a Lava Jato. O Ministério Público pode indiciá-lo na roubalheira à Petrobras.

Autismo político 

Após a demorada reunião com a presidente em Brasília, Lula desabafou, desolado, a um líder do PT: "A Dilma até escuta, mas não ouve".

Oportunidade

Com a chegada do recesso na Assembleia Legislativa, onde os deputados só retomam suas atividades no próximo dia 3 de agosto, é esperada uma melhoria no relacionamento entre o governo e sua base, que andava meio tenso em decorrência da crise que tem afetado a todos e, naturalmente, retardado o atendimento de pedidos de parlamentares dirigidos às suas bases. Como dizia ontem um deputado governista, a expectativa é que o governador Rui Costa, que não para quieto, viajando todo o interior e promovendo intervenções também em Salvador, ganhe tempo para conversar mais detidamente com os deputados mais arredios, que em momentos de crise começam a fazer ameaças à base.

Encostas

Em visita com o governador Rui Costa às construções de encostas no Alto do Cabrito, em Bela Vista do Lobato, na manhã de ontem, o vereador Arnando Lessa parabenizou o governo da Bahia por priorizar questões sociais e criticou as obras da Prefeitura no bairro do Rio Vermelho, onde R$ 45 milhões serão gastos com um projeto que, segundo ele, não foi debatido com a sociedade.

PPS na Bahia

Debater a reforma política, as mudanças na Legislação eleitoral e promover a prestação de contas das executivas municipais. Com estes três focos, o presidente do PPS na Bahia, Joceval Rodrigues, convidou os vereadores do partido para um encontro geral a ser realizado nesta sexta-feira (17), das 14h às 18h, no Edifício Bahia Center, em Salvador, com a presença de Davi Zaia, secretário-geral do PPS nacional. Joceval destaca a importância da realização do evento para unir ainda mais o partido em todo o Estado.

Reação

A declaração do secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, durante entrevista à Metrópole FM, de que só se morre da síndrome de Guilaiin Barré por negligência médica foi veementemente refutada pelo Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb). Em nota, a entidade expressou "repúdio à infeliz afirmação". O conselho argumenta que pacientes com a síndrome apresentam taxas de mortalidade de 5% a 7% devido não só a insuficiência respiratória como também a pneumonia por aspiração, arritmias cardíacas, embolia pulmonar e sepse hospitalar.

Alerta

Heraldo Rocha, médico e presidente do DEM em Salvador, ressalta que não é de agora que tenta alertar o governo para o perigo da proliferação dos registros de casos de dengue no estado. "Entendo como salutar as estratégias até então articuladas pelas autoridades baianas no enfrentamento dessa tragédia praticamente anunciada".

Ética médica

A responsabilidade civil e a ética dos médicos e hospitais será tema de debate entre médicos e advogados hoje, das 18h às 21h, no Hotel Fiesta, em Salvador. O especialista em medicina do trabalho, Raimundo Pinheiro, vai expor sobre as principais denúncias feitas contra médicos ao Conselho Regional de Medicina (Cremeb). Em média, o conselho recebe três denúncias a cada dia útil do ano e, em cerca de 50% delas, não há motivo para condenação.

Casos julgados

Pinheiro, que está na segunda gestão no Cremeb, toma como parâmetro os 735 julgamentos de médicos de que participou nos últimos seis anos. Ele constata ainda que a maior parte dos erros dos profissionais condenados são formais, como o mau preenchimento do prontuário médico. Há mais displicência do que negligência.

Desemprego

O senador Otto Alencar (PSD) citou ontem, no Senado, a crise de desemprego na Bahia gerada pela Operação Lava Jato. "A Enseada Paraguaçu empregava em torno de seis mil trabalhadores e hoje está reduzido a pouco mais de 500 a 600 trabalhadores. E esse desemprego se verificou também nas obras da Ferrovia Oeste-Leste, que é a principal obra de infraestrutura do meu estado", reclamou.

TJ-BA

Hoje, os oficiais de Justiça vão botar "a boca no trombone", denunciando as más condições de trabalho que os impedem de cumprir os mandados judiciais. Será a partir das 9h30, no auditório do Tribunal, e com a participação do desembargador-corregedor, José Olegário Caldas. São mais de seis mil mandados retidos, os quais, com o apoio do CNJ, através da ministra Nancy Andrighi, poderão chegar aos destinatários.

Na mira

O Ministério Público Federal (MPF) em Feira de Santana ajuizou, na quarta-feira, dia 8, uma ação de improbidade administrativa contra o prefeito de Itaberaba, João Almeida Mascarenhas Filho, por ter dispensado licitações indevidamente no valor aproximado de R$ 1,2 milhão. A justificativa dada pelo gestor para a dispensa foi a suposta situação emergencial do município, por conta da mudança de gestão na Prefeitura da cidade, localizada a 286 km da capital.

Cuidado

Cortejado por vários partidos, o prefeito ACM Neto (DEM) disse ontem a um amigo que vai deixar de stand by sua eventual movimentação partidária. Vai esperar primeiro o Senado definir a questão da Reforma Política, dando continuidade às votações ocorridas na Câmara dos Deputados que favorecem o propósito do prefeito de Salvador de decidir com absoluto cuidado seu destino.

Ausência notada

A ausência do vereador de Salvador, Isnard Araujo, no evento do PR na última sexta, foi comentada ontem na Câmara de Salvador. Insatisfeito com o partido, Isnard não foi ao evento que reuniu a cúpula republicana na Bahia e o presidente nacional da sigla, Antônio Carlos Rodrigues. Questionado sobre o assunto, o vereador disse que está analisando o cenário atual para decidir qual o caminho político a seguir.

Origem?

O governo do Estado já descobriu de onde têm partido os ataques seguidos ao Detran, que faz uma gestão renovadora no órgão por delegação do governador Rui Costa (PT), mexendo, naturalmente, em muitas zonas de conforto. Eles seriam provenientes do deputado estadual Ronaldo Carletto, do PP. O que não se sabe é se visam atingir o governo ou o correligionário João Leão, secretário de Planejamento.

Malha viária

Com a continuação do período de fortes chuvas, o deputado estadual Luciano Simões Filho (PMDB) pede urgência ao governador Rui Costa na recuperação da malha viária no interior da Bahia, principalmente das BA-504 e BA-093, ambas na Região Metropolitana de Salvador. Desde o início de janeiro, o deputado tem feito proposições ao governo a respeito desta emergência.

Pesar

Faleceu ontem em Salvador um dos poucos políticos brasileiros que tiveram o privilégio de ser vereador por três cidades diferentes. Natural de Alagoinhas, José Ribeiro Libório legislou em Santo Amaro, Teodoro Sampaio e sua terra natal, Alagoinhas. Libório já passou pelo PTdoB e disputou a última eleição para vereador em 2008 pelo DEM. Aos 91 anos, Libório residia há três anos na capital baiana e sofria de uma infecção respiratória e do Mal de Parkinson. O corpo foi velado ainda ontem na Câmara de Alagoinhas, onde também foi sepultado.

TV Câmara Salvador

O presidente da Câmara de Salvador, vereador Paulo Câmara (PSDB), assinou na tarde de ontem um convênio de cooperação técnica com o diretor-geral da Fundação Cosme de Farias (FCF), jornalista Osvaldo Lyra, que assume a gestão da TV Câmara Salvador. O convênio 01/2015 prevê que a Câmara ceda para a Fundação, entidade ligada ao Legislativo Municipal, o espaço para ampliação da emissora e dê suporte para operação e funcionamento da televisão, que opera no canal 61.4, em sinal aberto e digital.

Desafio

Segundo o presidente Paulo Câmara, um passo importante está sendo dado no processo de fortalecimento da transparência e da relação entre a população de Salvador e os 43 vereadores que integram a Câmara da capital. Para o jornalista Osvaldo Lyra, diretor-geral da Fundação, o desafio agora é construir uma programação que corresponda com o novo momento do país, quando o cidadão busca a aproximação e a ampliação do diálogo com os representantes do poder público e da sociedade civil organizada.

Tapete vermelho

A aproximação entre ACM Neto (DEM) e o senador Walter Pinheiro (PT) em Brasília deixou bastante animada a base do prefeito na capital baiana. "Se o senador Pinheiro quiser vir para o nosso projeto vai ser recebido de braços abertos", disse ontem, na Câmara de Salvador, o líder do DEM, vereador Léo Prates.

Aluguel social

Nesta quinta-feira, às 15h, a Câmara de Salvador discute em audiência pública convocada pelo vereador Hilton Coelho (PSOL) a questão do "Valor do Aluguel Social". Outro ponto a ser debatido será o valor pago de R$ 300 que há muito não é reajustado. "Queremos discutir a forma como o aluguel social está sendo utilizado pelo governo estadual e prefeitura de Salvador como instrumento emergencial. Queremos debater de forma mais aprofundada para que se torne uma política pública que diminua o déficit habitacional hoje existente em nossa cidade".

Nova atribuição

O procurador parlamentar da Câmara Federal, deputado Claudio Cajado (DEM), se reuniu ontem com representantes do Ministério Público Federal para tratar da nova atribuição da Procuradoria Parlamentar, delegada pelo presidente Eduardo Cunha. O órgão passa a responder a partir de agora por requerimentos de informações, certidões e outros documentos formulados pelo Ministério Público e por órgãos e autoridades policiais. Exercendo o cargo de procurador pela segunda vez consecutiva, o deputado baiano diz que vai trabalhar para estabelecer um bom relacionamento entre as instituições competentes e a Câmara dos Deputados, para que os inquéritos e investigações se realizem sempre de forma democrática e transparente.

Transporte escolar

Condutores do transporte escolar de Salvador farão uma carreata, na manhã desta sexta-feira (17), da Avenida Paralela à Assembleia Legislativa, para protestar contra o Projeto de Lei 5.383/2013 que prevê a padronização dos veículos. De acordo com a presidente do Sindicato dos Transportadores Escolares e Turísticos da Bahia, Simone Rosas, se passar, o transporte de alunos só será permitido em ônibus de 32 lugares, ao contrário da legislação atual que prevê a utilização de veículos a partir de sete lugares. "Essa é uma manobra clara para beneficiar os empresários donos de frotas de ônibus, em detrimento dos trabalhadores autônomos de vans e minibus".

Audiência

Autor de projeto de lei que estabelece tolerância de cinco horas nos estacionamentos dos shoppings de Salvador, o vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) promove no próximo dia 20 uma audiência pública no Centro de Cultura da Câmara, às 9h30, para discutir o assunto que tem desagradado lojistas, clientes e até os funcionários dos centros comerciais, que também estão sendo obrigados a pagar para deixar seus veículos. 

Medicamento para esclerose múltipla pode deixar de ser fornecido pelo SUS

Um total de 77 portadores de esclerose múltipla na Bahia corre risco de ter o tratamento gratuito interrompido pelo SUS. No início do mês, a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec) abriu uma consulta pública para decidir se a betainterferona 1A, terapia indicada para o tratamento de formas graves da enfermidade, continuará ou não a ser disponibilizada pela rede pública de saúde. Conhecido no mercado como Avogen, o medicamento é fornecido pelo governo a três mil pessoas no Brasil, cerca de 20% dos pacientes do SUS submetidos a tratamento para controlar a esclerose múltipla, doença autoimune em que o próprio corpo ataca o sistema nervoso central. Em relatório preliminar, o Conitec recomenda excluir a droga da lista de terapias, sob a alegação de que ela é inferior a outras betainterferonas, embora estudos clínicos realizados em vários países indiquem o contrário. Pelas redes sociais, duas pacientes de Vitória da Conquista lançaram um movimento em que pedem apoio da sociedade e contribuições de especialistas para a consulta pública.

Confissões

Para alguém que se diz "curado" da homossexualidade, o deputado Pastor Sargento Isidório (PSC) anda um tanto, digamos, propenso a recaídas. Pelo menos é o que sugere o discurso do parlamentar durante a visita do governador Rui Costa (PT) a Itacaranha, no Subúrbio de Salvador. De início, admitiu sua rejeição à candidatura do petista ao Palácio de Ondina. O curioso foi o motivo: "É que eu era apaixonado pelos olhos verdes de Jaques Wagner", revelou. Agora, garantiu Isidório, está encantado mesmo é "pelas bochechas rosadas" de Rui.

Dia de mané

Famoso por desconcertar pessoas com suas pegadinhas, o humorista Sérgio Mallandro levou um troco de onde menos esperava. O espetáculo de stand up comedy que o artista fará na capital em 15 de agosto estava pautado para o Teatro Yemanjá, no Centro de Convenções. Com o fechamento do espaço, acabou transferido para o Hotel Sol Bahia, em Patamares. No entanto, esqueceram de avisar a Mallandro, que continua, pelo Facebook, convocando o público para o local antigo. Ou então, vai saber, resolveu devolver a piada.

Tecla de pausa

Quem esperava para anteontem uma decisão do PDT sobre a permanência na base do governo Dilma Rousseff (PT) vai ter que aguardar mais um bocado. Reunidos em Brasília até o fim da noite de terça-feira, deputados, senadores e presidentes do partido nos estados saíram do encontro do mesmo jeito que entraram. Em suma, sem saber se vão ou se ficam. Ou, nas palavras com tom de anedota do deputado Félix Mendonça Júnior, comandante-em-chefe da sigla na Bahia, "na reunião, se decidiu ter uma nova reunião, logo depois do recesso parlamentar, para decidir". O adiamento traz, como efeito secundário, a paralisia nas costuras do PDT para as eleições de 2016.

Reprise indigesta

O levante dos professores das universidades estaduais contra o governo do estado acendeu o alerta vermelho no núcleo político do Palácio de Ondina. A avaliação é de que o movimento grevista, amplificado pela recusa de Rui Costa em negociar com a categoria, pode crescer a ponto de causar danos de proporções incalculáveis aos petistas na sucessão municipal. Para quem não lembra, a histórica greve dos professores da rede estadual de educação em 2012 ajudou a oposição a derrotar governistas em cidades médias e grandes, onde o eleitorado é mais esclarecido.

 Claudio Humberto / Tribuna da Bahia / Correio - Satélite / www.paiaiafm.com.br


" data-width="640" data-numposts="5" data-colorscheme="light">

PUBLICIDADE